Praticando empatia

Ontem na faculdade eu e alguns colegas apresentamos um trabalho sobre empatia, você sabe o que é isso? Eu explico, empatia é você se por no lugar do outro, entender melhor suas necessidades.

Mas será que estamos sendo empáticos no dia a dia? Empatia é um tema interessante para você se questionar e rever atitudes e você pode aplicar empatia em qualquer lugar, mas voltando a pergunta você tem sido empático? Você pode responder que sim, mas você por acaso recolhe a roupa suja quando sua mãe pede? Você da preferência ao pedestre que tenta atravessar a rua? Pois é, se agora você respondeu não saiba que essas pequenas atitudes tornam você um ser humano mais empático.  Entender o outro e suas necessidade sejam nas mínimas situações é importante, principalmente quando se vive em sociedade, você não esta sozinho no mundo, é como uma grande casa com várias pessoas morando e sempre precisando umas das outras, mas se não houver empatia não vai dar certo.

O ser humano se preocupa cada vez menos uns com os outros, exemplos de empatia são raros, mas calma nem tudo esta perdido, estudos comprovam que empatia pode ser ensinada sim, em Boston, por exemplo, um hospital ensina a seus médicos métodos para serem mais empáticos e assim compreender melhor suas necessidades, os resultados são pacientes felizes, menos casos de negligencia e satisfação garantida. Ta vendo ser empático não é difícil, observe ao redor, como você se porta no trabalho ou em casa com a família. Ajude alguém que você não consegue ou alguém que você conhece e sabe que esta precisando de uma mãozinha, você certamente não se arrepender. Tchau!

o-que-e-mapa-de-empatia-e-para-que-serve-cover

Continue Reading

Troféu Imprensa

O título foi uma tentativa medíocre de fazer você que lê esse texto rir, Deu errado, mas foi a maneira mais clara e objetiva de começar esse texto, todas as quintas-feiras a tag aqui no blog é Jornalismo, sim eu curso jornalismo, mas isso não quer dizer que toda quinta feira eu vou postar aqui uma manchete de jornal, não esse espaço é para compartilhar com vocês textos, minhas experiências com a faculdade e alguns pensamentos soltos.

Eu já falei em alguns posts aqui sobre a faculdade, mas hoje me dei conta de que faltou o principal. Eu nunca contei por que eu escolhi cursar jornalismo, um erro grave e que eu vou corrigir agora com um texto fofo, talvez longo, enfim leiam.

A dúvida na hora de escolher o curso foi grande, mentira foi só um pouco. Eu tinha a absoluta certeza que eu deveria fazer algo na área de comunicação, mesmo gostando muito de moda nunca passou pela minha cabeça fazer moda, eu sempre me vi falando de moda ao invés de criar moda, entenderam? Bom o que eu estou tentando falar é que eu sempre achei mais fácil escrever sobre as coisas, mas antes de cair no jornalismo eu passei pela publicidade cursei um semestre sofrido, me desculpem os publicitários, mas aquele semestre foi como uma morte lenta e dolorosa, passado esse semestre larguei a faculdade e voltei um ano depois decidido a fazer jornalismo, confesso que não poderia ter feito escolha melhor, eu realmente havia encontrado o curso certo. Vocês devem estar ai pensando que eu sou um aluno incrível com todo esse amor pelo curso, errado eu falto muito, perco provas e trabalhos, mas pra mim isso não muda meu amor pela profissão e muito menos minha capacidade de ser um excelente profissional. A faculdade é sim extremamente essencial, eu aprendo muito e recomendo, mas o que você faz fora dela é primordial, essencial, você precisa ir além do que a faculdade tem para oferecer.

Eu quando comecei o blog ainda estava no ensino médio, comecei a blogar por pura necessidade de expor minha opinião sobre qualquer, hoje o blog esta mudando de foco, mas a necessidade ainda é a mesma, me comunicar, mostrar para o mundo minha opinião, meu dia a dia.

Você pode ir todos os dias para faculdade, ter as melhores notas, mas se você não exercitar o que aprende e procurar conhecimento além do que a faculdade te proporciona a chances de tudo dar errado são ENORMES, não é que tudo já tenha dado certo para mim e que meus objetivos já foram alcançados é apenas um concelho/minha opinião.

jornalismo-digital

Continue Reading

Um texto sobre: Reclamar

tumblr_lzs0w1AUMy1qa2rx9o1_500_large
Todo e qualquer ser humano no mundo veio equipado com a função RECLAMAR, você reclama o dia todo, reclama de acordar cedo, do seu trabalho, da sua faculdade, do seu amigo, dos seus pais isso em dias normais, mas tudo piora quando você tem um motivo para reclamar, algo que você desejou muito e infelizmente acabou não dando certo.

Você já parou para perceber quantas vezes você reclama no dia? E se você usasse esse tempo que você passa reclamando tentando mudar algo que deu errado, mas que você quer muito que de certo? Você é responsável pelo seu dia e a forma como você leva ele, se continuar a reclamar logo seu trabalho será cada dia pior e assim em cada atividade ou lugar que você passar.

A vida não é nada fácil, mas também não é tão difícil como a gente vê, não sou melhor que ninguém pra falar isso aqui, mas tem milhões de pessoas que tem uma vida muito, mas muito pior que a sua e nem por isso e ela perde tempo reclamando, claro que essa comparação é a mais clichê possível, mas também a mais obvia e clara para fazer você perceber que tudo é questão de ponto de vista, pense em coisas boas, atraia coisas boas para o seu dia.

Acorde cedo agradeça pelo seu dia, trabalhe como se fosse seu ultimo dia de vida, se esforce mais nos estudos e naquela atividade que você ama mais não tem muito tempo, sua vida não vai mudar em 24 horas, mas em 24 horas você vai perceber que um dia sem reclamar é um dia a menos na busca dos seus sonhos.

 

Tchau!

Continue Reading

Devo ou não devo. Dúvida fashion!

Apesar do titulo ser simples o assunto é um pouco mais confuso, mas na verdade não deveria escrever sobre isso, afinal é um assunto que cada um tem dentro de si e cada um resolve da melhor maneira.

confessions-of-a-shopaholic

Se você tem a conta recheada melhor pular esse post e ler os outros posts do blog, meu assunto hoje é com gente que como eu trabalha, ganha seu próprio dinheiro e tem que tomar decisões de como gastar de forma inteligente o salário do mês.  É muito fácil estabelecer no papel uma meta de guardar uma quantia x por mês, mas essa meta na pratica acaba ficando difícil, com o desenrolar do mês várias situações te colocaram contra a parede e se você é famoso por agir sem pensar, melhor procurar ajuda e achar alternativas de fazer dar certo. Quando você menos esperar vai surgir uma balada incrível que todos os seus amigos vão, sua loja favorita vai entrar em promoção e isso sem falar das tentações online que bombardeiam seu e-mail todos os dias, enfim são inúmeras situações que te tiram do foco fácil e que atire a primeira pedra quem nunca saiu do foco financeiro.

Gente e nada é mais fácil pra tirar uma pessoa do foco do que roupas, festas e calçados. O ideal é realmente criar metas possíveis e se organizar, ninguém precisa de um guarda roupa cheio de roupas grifadas e calçados, a moda é tão democrática que hoje você faz moda com peças esquecidas da temporada passada em lojas que você não daria sequer um voto de confiança, o bom senso é essencial nessa hora, troque as marcas caras por fast fashions que estão no topo da moda hoje, mas por um preço incrivelmente acessível.  Eu sou como todo mundo e adoro roupa nova, mas aprendi a botar a mão na consciência e me perguntar qual vale mais, Um jeans novo ou o carro que você pretende comprar? Você não precisa se privar de tudo, mas comprar com moderação e controlar qualquer tipo de gasto é uma maneira inteligente de saber até onde você pode ir sem que interfira nas suas metas, por exemplo, em vez e comprar dez peças por que não comprar apenas uma ou no máximo duas? Assim você satisfaz sua vontade, mas sem estourar o orçamento.

Ninguém consegue ficar meses dentro de casa só pensando em trabalho e nos seus objetivos, isso é até ruim, sair com os amigos, família, conhecer gente nova é essencial pra quem vive em sociedade, mas moderadamente. Escolha uma festa no mês e marque com a galera toda, não adianta você sair todo final de semana se você estiver deixando seu objetivo de lado. Uma coisa que aprendi é que poupar é a melhor maneira, sacrificar-se por objetivos maiores é totalmente viável, mas cuidado saiba como fazer, não adianta se privar de tudo e viver infeliz, procure medidas que te satisfaça e que não atrapalhe nas conquista de seus objetivos.

As pessoas são influenciáveis e acreditam que uma roupa cara abre portas, o que te insere na sociedade é sua índole e aquilo que você tem de bom pra mostrar. Se pra você viver de aparência é a maneira mais fácil de fazer contatos e amizades vocês está se encanando e construindo um futuro vazio e sem grandes conquistas.

 

Tchau!

Continue Reading